sexta-feira, 28 de maio de 2010

Mulher







Apanhado. De meias. Sapatos pendurados nos dedos médio e indicador. Descendo a escada de madeira na ponta dos pés, devagar, tentando evitar o ranger dos degraus. Chaveiro contido na mão, impedindo o tilintar das chaves.

- Aonde você vai?

- Vou até a portaria, buscar a revista V.

- Precisava se arrumar todo assim?

- É.

- E por que os sapatos na mão?

- Para não lhe acordar, não queria incomodar.

- A revista só chega manhã, domingo

- ...

Será que eles ainda acreditam na máxima "negar sempre, até o final"? Ainda não se deram conta que essa é apenas uma maneira de subestimar e desrespeitar o outro em todos os sentidos? Não perceberam que o amor vai morrendo aos poucos, gota a gota, esvaindo-se numa série de mágoas, flechas certeiras, cravadas no coração?

- Quero a separação!

- Mas por quê? Por quê? Eu te amo!

Ora façam-me o favor. Não perceberam ainda que o modelo cafajeste saiu de moda?



9 comentários:

Terráqueo disse...

O teu domínio sobre a figura humana é impressionante. QUando vai ser a tua exposição?

Lucia Alfaya disse...

Eu e Ivonete pretendemos fazer uma exposição na galeria do Acbeu, espaço bem interessante aqui em Salvador, no Corredor da Vitória. Vamos apresentar projeto em setembro para concorrer à pauta do ano que vem. Se tudo correr bem, deveremos expor no início do próximo ano. Estou com metade dos trabalhos prontos. Mandarei convite. Beijos.

Bípede Falante disse...

Ah, eu também quero receber o convite!!! :)

Bípede Falante disse...

Lúcia, mas que texto tradução perfeita do seu quadro. Ambos, com muita personalidade, ironia e bom gosto.

jefhcardoso disse...

Lúcia, parabéns pelas telas e pelo taxto. Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

Lucia Alfaya disse...

jefhcardoso

obrigada pela visita, volte sempre!

Gregorio Omar Vainberg disse...

Lucia.
Gostei da carga irónica do terxto.
um abraço

Lucia Alfaya disse...

Olá Gregório, obrigada pela visita e volte sempre. Gosto de casa cheia! Um abraço
Lúcia

Secreto Conhecido disse...

Imagem forte! Texto intimo.
Excelente!